Comece de onde estiver, e dê passos rumo ao lugar que você quer chegar

Uma camela e seu filhote estavam à toa, quando de repente o bebê camelo perguntou:

— Mãe, mãe, posso te perguntar umas coisas?
— Claro! O que está incomodando o meu filhote?
— Por que os camelos têm corcova?
— Bem, meu filhinho, nós somos animais do deserto, precisamos das corcovas para reservar água e por isso mesmo somos conhecidos por sobreviver sem água!
— Certo, e por que nossas pernas são longas e nossas patas arredondadas?
— Filho, certamente elas são assim para permitir caminhar no deserto. Sabe, com essas pernas eu posso me movimentar pelo deserto melhor do que qualquer um!
— Tá... Então, por que nossos cílios são tão longos? De vez em quando eles atrapalham minha visão.
— Meu filho! Esses cílios longos e grossos são como uma capa protetora para os olhos. Eles ajudam na proteção dos seus olhos quando atingidos pela areia e pelo vento do deserto!
— Aham! – concordou o camelinho — Então a corcova é para armazenar água enquanto cruzamos o deserto, as pernas para caminhar através do deserto e os cílios são para proteger meus olhos das tempestades de areia do deserto.
— Isso mesmo, meu filho!
— Escuta mãe... Diga-me, por favor, o que estamos fazendo nesse tal de Zoológico?
"Do deserto para o zoológico"
Está bem evidente que o seu lugar não é o "zoológico", mas por algum motivo você está enfrentando esta zona de desconforto. É possível encontrar pessoas trabalhando naquilo que não gostam, como também os que desejam fazer o que gostam porém sem a capacitação e o preparo necessário para isso. É o tipo de pessoas ou líderes que entendem que não são de "zoológico", mas que também não fazem nada para sair deste lugar. De alguma maneira, querem os manjares da "Terra Prometida" sem ter que enfrentar as adversidades do deserto. O ambiente de trabalho fica estressante para este indivíduo, que também estressa seus companheiros com seu mau humor e o seu descontentamento. Há motivação para sair do "zoológico", o que não há é força de vontade ou perseverança para enfrentar os processos e alcançar suas metas.
Embora no momento você não faça o que gostaria de fazer, é preciso humildade para começar de onde você está.
Para quem não consegue se ver preso em um zoológico, acredito que é preciso conscientizar-se de que, naquilo que estamos propostos a fazer, temos que estar também conscientes e decididos a fazer o melhor que pudermos a partir de onde estamos no momento. O desprezo pelo local onde estamos, ou pelo trabalho que fazemos serve de empecilho para seguir em frente.  Não dá para progredir na vida sem antes passar pela prova do começo humilde. É preciso vencer a insatisfação, o desprezo, a murmuração, e a falta de vontade se quisermos dar a volta por cima. É importante reconhecer que, naquilo que somos chamados a fazer, precisamos fazer com esmero, ser criativo e buscar capacitação para um melhor desenpenho. Quem sabe nesse tempo não descobrimos habilidades que reforcem ainda mais o nosso potencial. 
Comece de onde estiver, e dê passos em direção ao lugar que você quer chegar
Nada de comodismo! É preciso ter coragem e ousadia para enfrentar uma crise. É preciso definir bem o que se quer e dar passos rumo à uma grande realização. É preciso tornar possível e alcansável o que apenas está no papel, ou na mente. Sair do imaginário, do conto de fadas. É preciso ser realista, encarar os fatos, trabalhar muito para dar passos à caminho de seus ideais. Não deixe que os sofismas, mitos ou más experiências abafe suas habilidades e potencial. Aumente sua capacidade, pontencialize suas habilidades. Estude, faça cursos de capacitação ou atualização. Amplie sua rede relacionamento, consulte outros profissionais. Não se vence o deserto sozinho, nem se chega apenas por mérito próprio. Não há obstáculo que não possa ser contornado. E quando chegar lá, continue investindo em seu potencial, buscando sempre manter-se atualizado.  Acredite, você consegue.
Harry Érick

Postagens mais visitadas deste blog

Uma Luz na escuridão

"O SENHOR pelejará por vós"

Identidade Cristã