Pular para o conteúdo principal

Postagens

Postagem em destaque

Quatro dicas para melhorar sua qualidade de vida

Acredito que qualidade de vida tem muito mais a ver com a nossa atitude diante da vida do que com as coisas que temos ou adquirimos. Quando me refiro a ter qualidade de vida, penso sobre as decisões pessoais que tomamos acerca do que cremos, sentimos e agimos. Ou seja, decisões e certezas que nos proporcionam paz interior, motivação, perseverança e conquista. Além de aumentar a nossa qualidade de vida, melhora a nossa interação com as pessoas. E a primeira dica para melhorar a nossa qualidade de vida é sobre o perdão.
1."Quando você perdoa, de forma alguma muda o passado - mas com certeza muda o futuro" (Bernard Meltzer)
Numa família de oito filhos, o caçula era menosprezado pelos pais e irmãos por sua estatura, força e talvez capacidade. Na sociedade, sua profissão era vista com desprezo. Talvez sofria bullying dos colegas. Eu estou falando do rei Davi citado em I Samuel 16:6-13. Nessas condições, muitos já teriam desistido ou se revoltado. Mas não foi assim que Davi reagi…
Postagens recentes

A importância do exercício da disciplina cristã ao longo da vida

Eli, Sumo Sacerdote e Juiz de Israel, criou e disciplinou Samuel. Porém não foi capaz de fazer o mesmo pelos filhos que teve. E assim, seus descendentes exerceram de maneira vergonhosa e sem temor a Deus, o ofício sacerdotal ensinado pelo pai. Baseado na experiência de Eli, meditemos em pelo menos três momentos importantes da vida nos quais a disciplina deve ser bem aplicada. 
O primeiro acontece com o personagem na figura de pai, para o qual nos alertam os seguintes versículos bíblicos: 1) ''Ensinai os mandamentos do SENHOR aos vossos filhos, conversando acerca deles quando estiverdes sentados em casa, no momento em que estiverdes andando...'' Deuteronômio 11:19  2) ''Ensina a criança no Caminho em que deve andar, e mesmo quando for idoso não se desviará dele!'' Provérbios 22:6  3)''Os vivos, só os vivos é que podem te louvar e cantar como estou fazendo hoje. Os pais contam a tua fidelidade a seus filhos''. Isaías 38:19
Tais versículos dest…

Verdades que libertam

Ser cristão não é ser religioso
Não podemos confundir modismo evangélico com vida cristã, fazer parte de uma religião com o ser cristão, discípulo de Cristo. Tão pouco, confundir bênçãos espirituais com posses e riquezas. Depois que somos contaminados com esta busca egocêntrica e doentia, torna-se cada vez mais difícil discernir qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus (Rm 12:1,2; 1Jo 2:15-17). Não seja como o rico da parábola do "Rico e Lázaro", que só depois de estar em tormentos, desejou estar no céu. Só depois que não havia mais o que fazer, despertou para a realidade do Evangelho da salvação. 
Algo só é tarde demais quando não há mais nada a fazer a respeito. Por isso, não adie decisões importantes e urgentes. Tudo àquilo que é concernente à salvação, à nossa vida espiritual são e devem ser prioridades em nossa vida diária. Não deixe para depois o arrependimento por seus pecados, a reconciliação com Deus, o retorno à igreja, a participação na celebração da …

Lições para a vida, de uma oração respondida

Muitas vezes não nos damos conta do que estamos pedindo para Deus, das responsabilidades que a resposta desta oração trará. Talvez não estamos preparados ou capacitados para que esta oração seja respondida. Ou quando oramos, excluímos a nossa participação nela, ou seja, que somos o instrumento de Deus para a resposta da oração de alguém. Quem sabe oramos, porém não cremos que nós mesmos podemos ser a resposta.
"Mas o anjo lhe disse: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João" Lucas 1:13
Não temos dúvidas de que João é o cumprimento da profecia de que viria alguém que prepararia o caminho para receber o Messias. E esta profecia se dá por meio de uma oração feita e respondida.
Orar com perseverança
Um fato claro neste relato do nascimento de João é que Zacarias, pai de João orava, e em suas orações pedia um filho. Então, há necessidade de orarmos a Deus, de ter o hábito de falar com Deus, de manter …

Com amor

Minha vida era muito "normal" até decidir trabalhar com Missão transcultural. Eu nunca fui um bom aluno, nunca gostei de estudar e tinha muita dificuldade para escrever uma redação ou aprender alguma coisa. Em minha mente eu ia arrumar um trabalho e trabalhar. Porém, tudo mudou depois que servi o exército. Saí do exército decidido a correr atrás do prejuízo. E já comecei muito decidido: "Quero estudar e quero fazer medicina!". Bom, para quem nunca gostou de estudar, parece ser algo muito distante. Meus pais sempre me incentivaram. Comecei a estudar por conta própria na biblioteca pública. Não conseguia ler cinco páginas sem cair no sono, mas insistia muito. Eu precisava vencer isso.
Depois de ter vendido minha bicicleta para pagar aulas particulares, um amigo, médico da cidade, vendo o meu esforço, resolveu investir em mim. Saí do interior e fui para a Capital para estudar. Morei em um depósito de mudanças de favor. Estudei na melhor escola da capital e matriculei-…

Vida cristã passada a limpo

"Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus". Colossenses 3:3
Igual ou diferente?
Uma vez que morremos para o mundo e nascemos para Cristo, a vida já não pode ser considerada normal. Deixamos de pertencer a este mundo para viver a vida de Cristo, para buscar as coisas do alto e pensar nas coisas que são de Deus. Assim foi para com Eliseu. Uma vez chamado para o ministério profético e ser o sucessor de Elias, sua vida nunca mais foi a mesma. Eliseu de fato levou muito a sério seu chamado e sua vida nunca mais foi a mesma.
Eliseu foi escolhido por Deus e chamado por Elias para ser o seu sucessor. Eliseu logo foi tomando algumas decisões. A primeira delas foi se livrar das suas ferramentas de trabalho. Eliseu era agricultor, um fazendeiro talvez. Assim que foi chamado, tratou logo de se despedir de seus pais, queimou seus apetrechos de trabalho, matou os bois e distribuiu a carne entre o povo. E só então passou a seguir Elias para aprender como servi…

Sobre Dízimos e ofertas

Em nossos cultos somos sempre lembrados sobre a entrega dos dízimos e das ofertas, contudo, é o dízimo que sempre ganha destaque. No Antigo Testamento, em Malaquias 3:8, 10b, o autor diz que são ladrões, tanto quem não dizima quanto quem não oferta. No Novo Testamento fala-se muito pouco em dízimos, mas enfatiza muito mais sobre as ofertas. As ofertas surgem como assistência aos santos, alívio à pobreza, amparo às viúvas, estrangeiros, órfãos, doentes, etc - 2Co 8:1-15. Elas rompem a barreira do egoísmo e abre portas para a Graça de Deus, para a fé e o amor. Tendo condições e vendo as necessidades alheias, compadecemos das pessoas e fazemos de tudo para aliviar suas dores ou suprir suas necessidades básicas e emergentes.​

Malaquias apresenta uma situação deplorável e corrupta. Ao contrário do que todos pensam, Malaquias 3:10 não se trata de um mero apelo financeiro como se dar dinheiro resolvesse o problema. É porém, uma denuncia séria contra a corrupção, a idolatria, o egoísmo e a ga…