"Sede vós pois perfeitos"

"Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus" Mateus 5:48

Costumo chamar de perfeição doentia aquele esforço exagerado e legalista em manter uma aparência, um status ou popularidade diante da sociedade. Um tipo  de comportamento perfeccionista  que coloca o ser humano na condição de opressor e oprimido. Chamo de perfeição doentia o ato de querer tomar o lugar de Deus, por qualquer tipo de esforço, regras, padrões culturais ou sociais.

Em Eclesiates 9:10 lemos:
"Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças,..."


Fazer conforme as nossas forças é buscar excelência, ou seja, dar o nosso melhor de acordo com a capacidade que nos é dada. Contrário a isto é perfeccionismo. Algo como tentar atingir o inatingível sem considerar as circunstâncias e a condição humana. Não é à toa que encontramos pessoas tristes, frustradas, decepcionadas ou amarguradas em relação à fé cristã. E há razão para isto, pois nunca conseguirão atingir tal padrão de perfeição diante da sociedade, e muito menos diante de Deus. Não é a religião  e nem a nossa religiosidade que nos move, mas Deus e a sua vontade.



Às vezes não percebemos, mas dá mais trabalho e dor-de-cabeça querer ser perfeito tentando agradar pessoas  do que ser perfeito agradando a Deus e fazendo a sua vontade.

  
Ser perfeitos para Deus consiste em misericórdia, amor, perdão, compaixão. É uma graça divina que nos transforma, escoa através de nós e contagia. Consiste em temer a Deus, aprender com os erros, retomar o caminho. É não tolerarmos o pecado, mas amar sempre o pecador.  É não perder o foco e ter a Cristo como referencial, direção e orientação. É saber que o mais importante na vida nem sempre é o acertar sempre, mas ter ousadia e coragem para levantar-se mesmo depois de alguma tragédia, fracaço ou decepção. Nisto, não basta apenas ter coragem ou força, é preciso saber a direção e o caminho certo a seguir e nele perseverar. Lembre-se, em qualquer momento de nossa vida, nunca estaremos sozinhos.  Saiba também que a força que Deus usa para nos ajudar a levantar é muito maior do que a força que nos mantém em pé ou da que quer nos derrubar.
"Porque eu, o SENHOR teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo" Isaías 41:13
 Harry Érick

Postagens mais visitadas deste blog

Uma Luz na escuridão

"O SENHOR pelejará por vós"

Pessoas de Pessoas