Dependência

Depender de Deus é uma condição que lembra ao ser humano que existe alguém acima dele. Lembra também que estamos todos na mesma condição, implicando em um relacionamento de igualdade e humildade entre nossos semelhantes.

 
E disse-lhes Jesus: Todos vós esta noite vos escandalizareis em mim; porque está escrito: Ferirei o pastor, e as ovelhas se dispersarão. E disse-lhe Pedro: Ainda que todos se escandalizem, nunca, porém, eu. Marcos 14:27,29.

Depois de ter aprendido com Cristo, ter visto e experimentado milagres em sua vida, tornamos a nos encontrar com Pedro em uma nova etapa de sua caminhada cristã. Supomos que o ápice desta caminhada cristã foi o ter andado sobre as águas. Agora, dá inicio ao processo que eu chamaria de "derrocada da fé cristã". É o momento em que nos percebemos seguros, imbatíveis, inabaláveis. Em outras palavras, auto-suficiente.

De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz. Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai. Filipenses 2:8-11


 Um dos sintomas desta derrocada é a falta de noção. Perdemos a noção da supremacia de Cristo. Quem fala conosco e nos adverte não é um alguém qualquer, é Cristo. Estamos tão cheios de si que nos tornamos insensíveis à sua voz. Esquecemos que somos pó e cinza. Cristo está dizendo a Pedro: "Todos vós esta noite vos escandalizareis em mim". Mas Pedro insiste em contradizer dizendo que não será assim. Depois que perdemos a noção da supremacia de Cristo, pouco a pouco vamos nos tornando independentes dele.
 


O segundo passo da derrocada da fé acontece quando nos tornamos independentes das Escrituras. Cristo disse a Pedro: "está escrito". Não só aqui, mas em vários outros texto vemos Cristo citando as Escrituras e os profetas. Cristo veio para cumprir as escrituras. E ele mesmo nos mostrou a importâncias das Escrituras, não só citando como também vivendo-as. Hoje percebemos um afastamento enorme das Escrituras e acréscimos absurdos por conta da modernidade. É neste momento que acredito o ponto alto para o surgimento de heresias.



Outro sintoma da derrocada da fé cristã é quando começamos a se achar melhor que os outros por conta das experiências e do conhecimento adquiridos em Cristo ao longo da caminhada. Por conta disto, ficamos convencidos de que já temos o suficiente para seguir em frente. Achamos que somos "especiais" em relação a outros. É o momento que muitos abrem seu próprio negócio e resolvem seguir carreira solo. Ao proclamar nossa independência das pessoas, nosso ego nos eleva a seres dominadores, lobos em pele de ovelhas. Contrário ao que as Escrituras dizem quando temos que ser servos uns dos outros.


Independência ou morte? Independência é morte!

Harry Érick

Postagens mais visitadas deste blog

Uma Luz na escuridão

"O SENHOR pelejará por vós"

Pessoas de Pessoas