Quando Deus se cala

 
Às vezes é preciso falar mais de duas vezes a mesma coisa para que alguém nos ouça. Outras, gritamos primeiro para chamar a atenção, e depois falamos. Mas o que entra por um ouvido geralmente sai pelo outro, simplesmente porque aquilo que ouvimos, na maioria das vezes, não escutamos.
 




Muita das vezes, o silêncio é a linguagem que Deus usa para falar diretamente aos nossos corações, não aos nossos ouvidos. Quando Deus se cala, parece que é nós que falamos bastante.
 

 
 
 
Nos livros de Salmos, em alguns momentos encontramos Deus, por meio do silêncio, arrancando do salmista incontínuas palavras. Na maioria das vezes o salmista está enfrentando situações de perigo, opressão, pecado, entre outras. Cansado de tentar lutar sozinho ou ter lutado sem se dar conta das consequências, o Salmista não encontra outra alternativa a não ser derramar seu coração e rogar por socorro. 




Mas por que Deus não responde sabendo que estamos passando por tudo isso?

 
 
 
Talvez porque esteja com saudade de ouvir a nossa voz se dirigindo a Ele em forma de oração, louvor, súplica, arrependimento, perdão. Deus quer ouvir dos nossos lábios aquilo que está cheio o  coração: nossas inquietudes, os nossos lamentos, armaguras, decepções, ansiedades, expectativas...  
 
 
 
 
 
 
Nunca passou por sua cabeça que o silêncio de Deus não seja porque ele simplesmente decidiu se calar, mas porque você está tão distantes dele que não mais consegue ouvir a sua voz? Estamos tão envolvidos com a nossa vida e nossos afazeres, que mal dá para parar e perguntar a Deus se é assim mesmo que faz ou se é esta a sua vontade.
 
 
 
 
Por estar distante ou simplesmente porque Deus se calou, é bom saber que o silêncio de Deus provoca em nós alguma preocupação. Isto é sinal de que ainda há temor em nossos corações. Se o silêncio de Deus levou você a buscá-lo, falar incompulsivamente e se arrepender, ótimo! Muitas das nossas dores e grande parte da nossa libertação está em admitir que temos problemas e que a maior parte deles talvez seja por inconsequência nossa.

 


De tanto falar e não ser ouvido, Deus se cala e resolve esperar. Depois que paramos e olhamos para o caminho que percorremos, não é preciso dizer mais nada. O nosso silêncio já diz tudo.



 
Harry Érick

Postagens mais visitadas deste blog

Uma Luz na escuridão

"O SENHOR pelejará por vós"

Identidade Cristã