Relacionamentos: Uma prova de amor e fé

“Confiar em Deus por meio das pessoas é o mesmo que estar de guarda-chuva numa tempestade em campo aberto, com raios e trovões para todo lado” 

"Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus" Salmos 46:10a.



A Bíblia nos orienta e diz que "é melhor confiar no Senhor do que confiar no homem. Salmos 118:8". Em um outro versículo diz que "maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do Senhor! Jeremias 17:5". Por isso, não é recomendado confiar algo às pessoas por causa das pessoas, mas por causa de Deus. Quem tem fé para isso?Assim, desde delegar tarefas, realizar sonhos  e compartilhar da nossa vida com alguém, não é nada mais nada menos que um verdadeiro exercício de fé e prova do nosso amor para com Deus e o próximo. É um daqueles momento na vida onde confirmamos a nossa fidelidade e dependência total de Deus. É a hora em que se algo der errado, não vamos ficar aflitos, pois cremos totalmente e definitivamente que Deus está no controle e por isso descansamos.





Note que a base firme e segura para se ter uma vida abundante e plena é a nossa confiança no Senhor. Se assim for, posso dizer que porque eu confio em Deus tenho paz e tranquilidade para delegar tarefas, alcançar objetivos, realizar sonhos, receber conselhos, compartilhar alegrias e decepções com outras pessoas. A falta de confiança no Senhor nos torna pessoas centralizadoras, donas da verdade, orgulhosas e egoístas. Sem mencionar os problemas relacionais e de saúde gerado pela sobrecarga de trabalho e tarefas, estresse e esgotamento emocional e espiritual.


Confiar em Deus portanto nos ajuda a remir o tempo, a compartilhar problemas e encontrar soluções em meio à comunhão dos irmãos. Nos ajuda a ter compaixão, amor e dividir os fardos para não estar tão sobrecarregados e estressados no final do dia ou da semana. Previne doenças, fortalece relacionamentos e une quem está distante. Mais que tudo, nos dá paz de espírito e nos ajuda a focar em soluções ao invés de problemas.



Confiar que o Senhor está no controle e que ele pode nos ajudar por meio de outras pessoas é um exercício de fé e de amor a Deus e ao próximo. Mas para exercer tal confiança, é preciso correr risco, caso contrário não seria uma prova de fé, nem de amor. É preciso romper barreiras e vencer o medo do fracasso, da frustração e da decepção. 



Lembre-se, é um exercício de fé. Sendo um exercício, demora um pouco até aprendermos bem esta lição que tem inúmeras fases. Entenda, Jesus nunca disse que o caminho seria fácil, mas disse que a recompensa valeria a pena.                                                                     Harry Érick

Postagens mais visitadas deste blog

Uma Luz na escuridão

"O SENHOR pelejará por vós"

Identidade Cristã